Projeto Ave Missões: Pesquisa, Educação Ambiental e Conservação com Aves da Região Noroeste do Rio Grande do Sul

terça-feira, 22 de março de 2016

Um dia no Matão

Sabiá-do-campo. Foto: Adaltro Zorzan.
* por Dante Andres Meller
Domingo passado realizamos nossa saída a campo de março com o Grupo Ave Missões.

Como de costume foi um dia de contato com a natureza, na presença de amigos, com muita diversão, boas refeições e observação de aves.

A passarinhada teve a presença de 6 participantes, e rendeu pouco mais de 40 espécies...

Com cerca de 270 hectares o Matão é um fragmento florestal de tamanho considerável para os padrões da região, já que está situado em meio a uma vasta paisagem agrícola. O local já havia sido visitado por nós em 2014, mas a maioria dos participantes de domingo ainda não o conheciam.

Grupo Ave Missões em visita ao Matão. Foto: Luana Almeida.

Visitas ao Matão sempre geram expectativas de encontros com aves florestais raras ou incomuns, como a guaracava-de-crista-alaranjada, que foi encontrada duas vezes ao longo da manhã.

Guaracava-de-crista-alaranjada (Myiopagis viridicata). Foto: Adaltro Zorzan.

Além dos encontros com aves, outras observações interessantes que foram aparecendo ao longo das trilhas, e as refeições da Tenda do Matão, deixaram um gosto de quero mais...

Café colonial (muito apreciado pelos participantes!).
Foto: Luana Almeida.
Floração de orquídea (Oncidium riograndense). Foto: Adelita Rauber.

Vespa-caçadora. Foto: DAM.

Nossa passarinhada começou um pouco tarde, por volta das 8:30, depois do café. Isso talvez explique o menor número de espécies observadas em relação à outra vez que tínhamos visitado a área, quando a lista fechou em torno de 60 espécies.

Ainda assim alguns pássaros de bandos mistos apareceram pelas trilhas que cortam a mata, rendendo boas observações. Também ouvimos o inambuguaçu, mas esse não deu chances pra foto...

Anambé-branco-de-rabo-preto (Tityra cayana). Foto: Adaltro Zorzan.

Saíra-de-papo-preto (Hemithraupis guira). Foto: DAM.

Caneleiro-preto (Pachyramphus polychopterus). Foto: DAM.

Bico-chato-de-orelha-preta (Tolmomyias sulphurescens). Foto: Adaltro Zorzan.

Tiê-de-topete (Lanio melanops). Foto: Adaltro Zorzan.

Arapaçu-grande (Dendrocolaptes platyrostris). Foto: Adaltro Zorzan.

E... depois de uma passarinhada matinal, nada melhor do que um almoço bem ao estilo local!

Almoço preparado pelo pessoal da Tenda do Matão. Foto: Luana Almeida.

De tarde caminhamos mais um pouco, dessa vez pelo outro lado da estrada, com uma breve parada antes em uma concentração de odontonemas. Em pouco tempo apareceram duas espécies de beija-flor, o de-topete e outro, possivelmente o dourado. No outro lado da estrada encontramos um casal de choquinhas-lisa, mas nenhum destes rendeu fotos...

Odontonemas, espécie de flor atrativa para beija-flores. Foto: DAM.

Encerrada a passarinhada no Matão, no caminho de volta ainda paramos para fotografar algumas aves aquáticas em banhados entre Catuípe e Santo Ângelo...

Pernilongo-de-costas-branca (Himatopus melanurus). Foto: Adaltro Zorzan.

Mais um belo dia terminava e, além de fotos, trazíamos conosco o sentimento gratificante de reencontrar amigos, passar horas caminhando na mata, observar aves, e conhecer um pouco mais a natureza e cultura da região noroeste...

Grupo Ave Missões, muito obrigado pela agradável companhia de todos! Até a próxima...
---------------------------------------------------------------------------------
Veja também:

---------------------------------------------------------------------------------

8 comentários:

  1. Ótima postagem , parabéns ao grupo ! Belos registros , lugar incrível !!!

    Ass.:Lucas N de Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  2. Foi show de bola!! Muito bom fazer parte desse grupo! Abraço a todos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Adaltro, obrigado pela presença! Grande abraço!

      Excluir
  3. Beleza, este lugar é muito interessante!!

    ResponderExcluir
  4. O passeio rendeu belas fotos. legal. Abraços.
    Rafael Ritter

    ResponderExcluir