Projeto Ave Missões: Pesquisa, Educação Ambiental e Conservação com Aves da Região Noroeste do Rio Grande do Sul

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Revisitando a Cascata do Comandaí

Curicacas próximo à Cascata do Comandaí.
Na primeira saída do ano com o grupo Ave Missões decidimos revisitar a Cascata do Comandaí.

É um dos lugares de maior beleza cênica no município de Santo Ângelo/Giruá e um local que sempre vale retornar.

Foram pouco mais de 50 espécies observadas e cinco participantes, mais uma vez com a presença de um amigo visitante, que conseguiu uns lifers por aqui...


Grupo Ave Missões, com Charles Boufleur, na Cascata do Comandaí.

Logo de cara nosso amigo Charles, que veio de Cruz Alta especialmente para a atividade, teve seu primeiro lifer do dia, o corucão. Aliás, eram vários, talvez mais de 50, que alternavam sua presença entre voos elegantes e pousos camuflados, fazendo disso um espetáculo à parte.

Corucão (Chordeiles nacunda) próximo à Cascata do Comandaí.

Mais adiante, ao longo de uma caminhada ao lado de uma das maiores áreas de campo em Santo Ângelo, na Reserva da PCH da Cascata do Comandaí, fomos observando outras aves interessantes também.

Gavião-do-banhado (Circus buffoni).

Macho do beija-flor-de-veste-preta (Anthracothorax nigricollis). 

Provável jovem irré (Myiarchus swainsoni), pelos tons ferrugíneos nas asas e cauda.

Tico-tico-do-banhado (Donacospiza albifrons).

Subadulto vira-bosta-picumã (Molothrus bonariensis).

Ao longo da manhã não pudemos deixar de notar algumas borboletas também, sempre belas e encantadoras, assim como nossas procuradas aves.

 



A "cereja do bolo" deste dia, como costumamos descrever o registro mais bacana, foi um casal de coleiro-do-brejo, que está fazendo ninho no local. Foi um lifer para a maioria dos participantes do grupo...

Macho do coleiro-do-brejo (Sporophila collaris).

Fêmea do coleiro-do-brejo (Sporophila collaris).

Ninho do coleiro-do-brejo (Sporophila collaris).

Como sempre um muito obrigado aos participantes do dia, ao Battu, responsável pelos cuidados da Cascata do Comandaí, e ao pessoal da PCH da Cascata do Comandaí, que também permitiram nossa entrada no local.

---------------------------------------------------------------------------------
Veja também:

Icterus croconotus: Espécie nova para o RS?
Visita à Cascata do Comandaí
---------------------------------------------------------------------------------

6 comentários:

  1. É sempre uma alegria dividir momentos de contemplação com esse grupo de grandes amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A alegria é nossa em recebê-lo amigo! Grande abraço

      Excluir
  2. Mais um belíssimo post Dante!

    aproveito para comunicar vocês do grupo ave missões que eu e a Juliet nos mudamos para Florianópolis/SC. Quando estiverem por aqui, não deixem de nos avisar! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Miguel!! Pode deixar que se formos entramos em contato sim! Grande abraço

      Excluir
  3. Olá , Dante , parabéns pelas belas fotografias , as da Wiki Aves também ! Me chamo Lucas Nenes e moro em Porto Alegre RS , e adoro as aves brasileiras , principalmente as gaúchas , do nosso lindo pampa . Também registro as aves , e tenho 12 anos , é pouco , mas sonho em ser um grande biólogo quando crescer . Tenho um grande conhecimento sobre aves para minha idade , adoro a campanha e a s florestas gaúchas .Sempre acompanho seu blog e gosto muito ! Admiro seu trabalho e sonho em conhecer o Parque Estadual do Turvo . Adoro os Spizaetus , principalmente o Gavião pato . Se puder me responda , um grande abraço , tchau !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras Lucas Nenes!! O Parque Estadual do Turvo é um lugar encantador que vale mesmo conhecer... Os Spizaetus são lindos, temos as três espécies no Turvo, sendo o pega-macaco a mais rara delas, seguida do gavião-de-penacho. Já o gavião-pato é até relativamente fácil de avistar, desde que no lugar certo, na hora certa e da maneira certa... hehehe Um abraço!!!

      Excluir